Cinema com lugar marcado

Taí uma coisa que sinto falta de São Paulo. Poder comprar o ingresso e escolher o lugar onde quero sentar. E poder decidir não ir se só tiver lugar nas primeiras filas, por exemplo.

Adoro cinema, mas se tem uma coisa que me estraga o humor é aquele tumulto na entrada da sala, ter que ficar na fila um tempão antes do início dos filmes mais concorridos, as pessoas correndo desesperadas para pegar um bom lugar. Concorda que isso prejudica muito a experiência? E que não tem o menor sentido?

Foi o recurso de reserva de lugar que me fez voltar a freqüentar o Kinoplex no Itaim. E, antes dele, o Cinemark do Iguatemi. Antes disso, privilegiava salas grandes ou filmes menos badalados. Ou seja, se mapeassem o meu “modelo mental” para ir ao cinema, este ia ser, certamente, um dos pilares de decisão.

Achei que isso era meio um senso comum. Pra mim, é um recurso tão óbvio, que faz tanto sentido. Por isso, me surpreendi hoje. Estava fazendo uma pesquisa rápida na web pra ver os países que adotam o sistema, e encontrei várias reações negativas na Austrália porque a rede de cinemas BCC implementou o “seat allocation” em Janeiro agora.

“So long BCC, it’s been nice, but don’t expect the people in my group to return until this stupidity is removed and people can make their own decisions as to where they want to sit.”

Juro que não entendo. Nada mais justo que privilegiar quem comprou antes. Certo?

Advertisements

5 Responses to “Cinema com lugar marcado”


  1. 1 Ale May 27, 2008 at 3:12 PM

    Acho que esse é um dos grandes mistérios do universo. Por que diabos todo mundo não faz isso? (menos a Austrália)

  2. 2 Carlos May 29, 2008 at 7:16 AM

    Também tenho frequentado esse Kinoplex e percebo que quando a sala não está cheia as pessoas não se preocupam muito em sentar exatamente na poltrona que reservaram (sobretudo se as luzes da sala já estiverem apagadas!). Mas é com certeza uma coisa óbvia, que resolve muitas inconveniências.

    Boa sorte pra você aí, Clau! Ah, não esqueça de atualizar seu Twitter com suas dicas e/ou as novidades que posta aqui pelo menos; estou se seguindo por lá! Beijos

  3. 3 operationdinnerout July 19, 2008 at 4:21 PM

    Eu concordo com a venda numerada. Evita a formação de filas, para o cinema fica mais barato já que é necessário ter profissionais para a organização da fila. O Cinemark divulgou que adotando essa medida alguns lugares, como a primeira fila, não seriam vendidos. Em primeiro lugar, esses lugares não deviam existir, ver o filme na primeira fila pra ter torcicolo depois? Se o lugar não se vende, é porque tem alguma coisa errada com ele.

    Quanto aos australianos entendo que venham de uma cultura meritocrática, logo quem chega antes tem a faculdade de escolher os melhores lugares. Mas esse processo não cessa ao vender os lugares numerados, só se antecipa para a venda dos ingressos.

    Muito bom o post.

  4. 4 Flávio Araújo December 16, 2009 at 9:18 PM

    Ola Claudia, tudo bem?

    Gostei muito do seu podcast no Jump e descobri agora seu blog.

    Com relação a este post, o CineSystem daqui de São José dos Campos tem um sistema bacana de compra de ingressos como você citou.

    Além da maquininha “self-service” de venda de ingressos, no balcão de vendas eles tem dois monitores: Um para o atendente e outro de frente para o usuário, e você pode ver o mapa do cinema inteirinho.

    Confesso que a leitura do mapa ainda precisa ser muito melhorada e eu ainda quase sempre preciso de um help do atendente, e a ajuda é frequente no sentido de: Qual mesmo é que está livre? Isso aqui e a linha ou a coluna?

    Mesmos para pessoas como “nós” ainda é um pouco confuso de entender que lugares estão livres e quais não estão, mas de qualquer forma, já é um grande passo em direção ao processo ideal como um todo – processo ideial ao meu ver e não ao dos Australianos não é?

    Uma pena que no site ainda não tenha essa mesma funcionalidade para a compra de ingressos e odeio os pop-ups em flash que ficam no meio da tela e você só consegue fechá-los depois de um tempinho, além de que em todas as telas o mesmo maldito pop-up apareça.

    Um Abraço,

    Flávio Araújo

  5. 5 Alisha October 12, 2018 at 8:37 PM

    Definitely imagine that that you said. Your favourite justification appeared to
    be at the internet the simplest factor to remember of.
    I say to you, I certainly get irked while other folks think about issues that they just do not understand
    about. You controlled to hit the nail upon the top
    and outlined out the entire thing without having side-effects , folks could take a signal.
    Will probably be again to get more. Thank you


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s